segunda-feira, 16 de novembro de 2015

E... Estamos de volta?

I: Então... Queria desabandonar o KK!

Mas, porém, contudo, num layout de post ultra mega hiper mais simples. Tava pensando em ser um esquema de conversa, mas conversa mesmo, num tom mais informal. 

C: Eu queria dar um tapa no visual dele, mas não sei como. Queria um banner com duas bonequinhas.

I: Em vez de bonequinhas, porque acho que isso ia ser difícil de providenciar, podíamos utilizar fotos de artistas de que gostamos.

E assim nasceu o novo layout do Kabhi Kabhie... Bollywood.

C: Momento NOW OR NEVER!
Você queria falar de retorno, não era isso?

I: Não tem muito o que falar sobre retorno, tem? Que dê uma postagem inteira?

C: Acho que a gente poderia falar um pouco sobre como as nossas vidas mudaram, como nem mais comunidade temos e com isso, ir refletindo sobre o que estamos vendo agora.

I: Pois então... 
Como nossas vidas mudaram, Carol?

C: Pera, isso já é o post?

I: É sim. Você vai ver. Segura na mão de Deus e confia. Vai ser mais fácil pra gente.

C: Ok, então. Acredito que nossas vidas mudaram de forma definitiva, Isa. Afinal, só uma mudança forte pode justificar uma ausência de três anos, não? Ou isso, ou a preguiça.

I: Acho que a preguiça me define melhor (risos). Mas eu também tive um filho, isso ajuda? Quem lê até pensa que nasceu faz anos, e só tem nove meses, o coitado.

C: Ninguém precisa saber, tá aí sua justificativa, RISOS.

Ô, se ajuda ter um filho. Podendo escolher entre limpar cocô e escrever sobre certos filmes, quem não escolheria uma fralda suja?

No meu caso não houve bebê, mas houve a vida adulta batendo à porta. Era bem mais fácil ficar brincando de crítica de cinema durante os anos de ócio da faculdade do que depois que me formei. Sabem aquele negócio que chamam de trabalho? E aquele negócio que chamam de contas a pagar? Vieram clamar pela minha presença com força e não teve nenhum Raj me resgatando do sequestro.

I: Isso sem contar com todas as vezes em que a gente tentou sentar e escrever um post e obstáculos bateram à nossa porta, né?
Curiosamente, nos vimos mais no período de hiatus do blog do que em todo o período ativo dele. Ê vida.

C: É verdade, repentinamente ficamos super sociáveis. Então, será que poderíamos falar que realmente houve um hiato? Podemos considerar que na verdade, fizemos um KK-Bollywood versão ao vivo. O hiato foi uma ilusão. Sempre estivemos aqui. Vocês todos estão errados.

I: Concordo. Ainda mais porque, descobri hoje, temos uma postagem em Rascunho que nunca colocamos no ar. Sabia disso, Carol? Ela está completinha.

C: Pior que eu sabia e combinei com você de publicá-la pelo menos duas vezes nos últimos anos, mas sabe lá por que fui adiando. Não quero que Freud tente explicar.

I: Relaxa, eu vou deixar esse clima de suspense na mente do povo, adicionar imagens ao post e publicá-lo quando menos esperarem.

C: Agora, o público quer novidades. Posso contar uma sua?

I: Pode, mas só se for das boas.

C: Pois bem, meu povo. Isabela está perdidamente apaixonada por ESTE HOMEM.

O homem mais lindo do mundo em
um momento de descontração.

I: QUERO VER SE, QUANDO NOS CASARMOS E TIVERMOS FILHOS, VOCÊ AINDA ZOMBARÁ DE MIM!

Sabia que isso é muito cruel da sua parte? Ele é alguém que existe nos meus sonhos, mere sapnon ka raja. Vê-lo só me lembra que ele nunca poderá ser meu, e sim da Deepika. ~Lágrimas chororsas~ Bem, antes apaixonada por ele do que por alguém que tem idade para ser meu avó, né non?

C: Depois que me acostumei que não terei o corpo da Deepika, os cabelos da Deepika, os olhos da Deepika e o dinheiro da Deepika, acho que não sofreria tanto ao adicionar o namorado da Deepika à lista. É só mais um item representando a superioridade daquela mulher mesmo.

Por falar nela, novidade: agora eu a adoro, meu fiel povo do blog. Não a achava nem uma atriz regular e agora escolho filmes com base em quanto tempo de tela terei para admirá-la.

SE CERTAS PESSOAS ESTÃO FALANDO DO RISHI KAPOOR, ESPERO QUE RETIREM A COMPARAÇÃO ENTRE O MAIOR ATOR DE TODOS OS TEMPOS E ESSE FILEZINHO DE BORBOLETA.

I: Eu, ultimamente, entretanto, ando bem chata quanto a filmes indianos e seus atores, e tenho preferido dar chance a pessoas que nunca vi antes do que confiar nos meus antigos preferidos. Exceto quando se trata do meu futuro marido na Terra do Nunca, porque dele já vi (quase) todos os filmes.

TEM ALGUÉM POR AÍ que não só admira o Rishi como um tal de Rajendra Kumar. Dois avôs em potencial.

Admito que eram ambos jovens de respeito.

C: Eu sonhei que era casada com o Rajendra Kumar, gente. Ele vestia um terno rosa. Ainda não posso falar sobre o assunto sem alguma emoção. Passei dois dias tentando voltar para o mesmo sonho.

Ainda confio muito na minha galera porque... bem, minha galera é basicamente todo o mundo. Mas sabe quem ainda enche meu coração de amor a cada filme? Aamir. Sempre ele.

I: E P.K.? Nós vimos juntas, então precisamos falar sobre esse filme! Pra ontem! Aamir é como vinho, a cada ano tem ficado melhor. Ao contrário de certos Shahrukhs por aí...

Ando muito viciada em clipes dos anos 90 do Hrithik Roshan. Estou quase me internando voluntariamente num hospício, seriamente cogitando a possibilidade.

C: Gente, o Hrithik! Nem lembrava dessa pessoa. Do que se alimenta, por onde anda, como se reproduz? 

O meu vício atual são ebooks sobre Bollywood. Porque sou fina. E atores novos bonitos (olá Varun, olá Siddharth!). Porque sou... deixa pra lá.

I: E agora?

C: Agora a gente convida toda a galera a voltar a KK. Sabe por quê? Porque agora estamos mais adultas. Mais maduras.
Ok, mentira. Só estamos velhas mesmo. Mas pelo menos queremos nos divertir por aqui e acho que todo o mundo quer um pouco de animação na vida. Alguém quer vir junto?

I: Partiu! E esse é o momento, galera, sugiram o que quiserem que falemos sobre: surgiu algo, estamos topando (me senti quase promotora de eventos agora). Espero que vocês gostem, porque nós com certeza estaremos nos divertindo.

6 comentários:

  1. Gente voltem, preciso de pessoas que falem português e gostem de bollywood hahaha, falando nisso onde eu encontro esses ebooks, preciso deles, não importa se são em inglês. Bj acompanharei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raina, qual é o seu e-mail? Vou te encaminhar aquilo que chamo de "minha pasta mágica". Tem ebook pra dar e vender.

      E já voltamos \o/

      Excluir
    2. Seu pedido é uma ordem! :D

      Excluir
  2. Eu admiro o Rishi p/caramba. Já o Rajendra... Mas bora conversar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo respeito demonstrado ao maior Kapoor de todos. Essas novinhas não têm limites.

      Excluir
    2. Desconheço limites. Mas, sim, jovem ele era um pitelzinho.

      Excluir